Como Matar Um PlayBoy

C

Gugu não gosta de trabalhar e vive conquistando mulheres. Sua mulher, Marina, sempre pede socorro ao pai, que mora na Paraíba e odeia playboys. A um pedido mais aflito, ele manda dois pistoleiros para dar cabo de Gugu, mas Marina ignora a gravidade da situação. Os capangas estão prestes a cumprir o contrato quando Gugu e Marina se reconciliam. Marina descobre a trama e demove o pai da medida extrema, mas os assassinos não se conformam com a mudança dos planos.

Ficha Técnica

Título original: Como Matar Um Playboy

Gênero: Comédia

Duração: 88min.

Lançamento (Brasil): 1968

Distribuição: U.C.B. – União Cinematográfica Brasileira

Direção: Carlos Hugo Christensen

Assistente de direção: Francisco A. Marques

Argumento: Carlos Hugo Christensen

Roteiro: Carlos Hugo Christensen e José Condé

Diálogos: José Condé

Produção: Carlos Hugo Christensen

Assistente de produção: Guido Martinelli e Maria Barbedo

Co-produção: Atlântida Cinematográfica

Apresentação: Fox Filmes do Brasil

Música: Remo Usai

Som: Nelson Ribeiro

Fotografia: Antônio Gonçalves

Cenografia: Peter Gasper

Edição: Waldemar Noya

Elenco

Agildo Ribeiro

Anna Christie

Milton Carneiro

Antônio Naddeo

Jota Barroso

Maria Elena Ianelli

Sônia Legrand

Oscar Cardona

Armando Rosas

Thales Penna

José Carlos

Ambra Sorrentino

Os Lordes

Pôsters

– Baseado na peça teatral de João Bettencourt

Sobre o autor

Antonio Naddeo

Há 68 anos, em 1950 surgia o ator, moldado até então pelas máquinas em uma indústria de cartonagem. Aos 16 anos passa a ser moldado pelo palco, pelos scripts e por uma incansável vontade de aprender.

Inserir comentário

Categorias

Antonio Naddeo

Há 68 anos, em 1950 surgia o ator, moldado até então pelas máquinas em uma indústria de cartonagem. Aos 16 anos passa a ser moldado pelo palco, pelos scripts e por uma incansável vontade de aprender.